Conheça um pouco sobre a história do povo Sherpa.

POVO SHERPA

Conhecidos no mundo do montanhismo, Sherpa (ou xerpa) é o nome dado àqueles que são guias ou mesmo carregadores que ajudam os escaladores a subir as montanhas e realizar trekkings na região do Himalaia.


A palavra surgiu do dialeto desta etnia, que uniu as palavras shyar, que significa Leste e pa, de povo: Shyarpa. Grande parte da população se instalou na base do Monte Everest, próxima ao rio Dodh Koshi. Sherpa, além de ser o adjetivo, é também o sobrenome comum do povo.
 

Especula-se que a capacidade pulmonar dos moradores da região é adquirida geneticamente e pela suposta maior quantidade de hemoglobina no sangue, por isso a facilidade e o bom desempenho nas altitudes.

Por ser uma população extremamente pobre, os Sherpas vislumbraram na atividade de carregadores de equipamentos para os montanhistas uma rentável atividade econômica.
 

Ao menos um membro de cada família desta etnia no Nepal se dedica a realizar o carregamento a alpinistas e empresas de turismo, e até mesmo dirigir uma visita guiada às montanhas da região. Muito se discute a respeito da exploração, ou não, desta etnia e, por isso, muito já se debateu sobre o tema.


O que de concreto se sabe hoje é que o trabalho pesado realizado por Sherpas, há uma remuneração incompatível com a insalubridade a qual eles estão expostos, mesmo com os esforços dos sindicatos organizados por eles.


Os sherpas arriscam suas vidas por terceiros, possuem uma índole amigável e estão sempre dispostos a auxiliar. 


A pobreza é muito grande na etnia Sherpa e no povo nepalês. A Sherpa wealth guides apoia algumas instituições selecionadas neste país. Caso seja do seu interesse, você pode encontrar maneiras de doar através da nossa aba sustentabilidade.

Sherpa Wealth Guides

CNPJ 27.827.416/0001-34

Desenvolvido por JVHS WebDesign

  • Facebook
  • Instagram